top of page

Burguer king irá indenizar funcionário que recebia lanche incompleto como punição

Um funcionário de um dos estabelecimentos da franquia Burguer King, uma das maiores do planeta, na cidade de São Paulo, denunciou o estabelecimento por receber lanches incompletos como forma de punição no trabalho.


Nesse sentido, testemunhas afirmaram que sanduíches eram entregues sem vários itens, por vezes, o funcionário recebia até mesmo apenas o pão para se alimentar, tudo isso por conta de discussões com o chefe por conta de assuntos ligados a futebol.


Com isso, a magistrada entendeu que tais condições de trabalho eram insalubres e violavam direitos como honra, decoro, paz de espírito e dignidade, condenando o Burguer King a arcar com uma indenização de R$ 7.000,00 (sete mil reais).


Entre os vários pontos defendidos pela magistrada, ela apontou que isso se tratava de um enriquecimento ilícito por parte do estabelecimento e também levou em consideração a extensão do dano que estava sendo causado ao trabalhador com base no salário que o mesmo recebia.


Tal caso demonstra o quão grave é punir o trabalhador fora de qualquer limite jurídico, afinal, o ordenamento deve ser respeitado e aplicada as sanções quando necessário, como foi o caso em questão que puniu a rede de fast-food.


PEDRO HENRIQUE BULHÕES ALVES

ESTAGIÁRIO

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page