top of page

TST entende que shopping pode cobrar estacionamento de empregados dos lojistas

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou recurso que pedia que determinado Shopping Center fornecesse vagas de estacionamento gratuitas aos empregados dos lojistas que ocupam o Shopping.


A alegação foi a de que inicialmente as vagas eram gratuitas para clientes e lojistas, o que foi modificado a partir de 2016, quando passou a haver cobrança aos mesmos.



O pedido de gratuidade foi baseado em suposta alteração contratual que prejudicou os trabalhadores


Para o colegiado, contudo, não há subordinação entre os empregados das lojas e o Shopping que permita caracterizar a cobrança como alteração contratual lesiva. Em suma, entendeu a Turma do TST que não é possível estabelecer o vínculo empregatício entre um shopping center e os empregados das lojas.


A decisão foi unânime.


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page